Archive for November, 2001

Minha mãe me mandou um comentário sobre minha crítica sobre o filme Lavoura Arcaica, dizendo que foi muito preconceituosa contra libaneses. Veja bem, eu não tenho nada contra os libaneses: quem deve ter é nosso amigo Luiz Fernando Carvalho, o diretor, que transformou a vida deles numa história enfadonha.

Momentos de Sábado à tarde: “Amor” – Sabe, querida, quando você fala me faz lembrar o mar… – Puxa, amor. Não sabia que te impressiono tanto. – Não é que me impressione. É que enjoa.

O Cristiano comunicou a todos que está noivo da Ana Paula. Acho que só os dois ainda não sabiam que estavam noivos, mas enfim… Parabéns!

Hoje tive uma de minhas últimas aulas na faculdade, só faltam as provas de Inglês. Achei que ia ser comovente, ou pleo menos recompensante. Mas tenho um caminho tão longo pela frente ainda que nem bateu nada. Como diria o capitão de Galaxy Quest: ‘never surrender, never give up!’.

Fui assistir o filme Lavoura Arcaica. E foi o primeiro em que saí antes do fim do filme da sala de cinema. Não pelo fato de não entender nada do que os atores falavam devido ao péssimo som, ou ao fato do filme ser interminavelmente chato, ou mesmo da cadeirinha desconfortável do Galleria. E sim […]

Hoje continuei a jogar Baldur’s Gate, um joguinho que já tenho há mais de um ano e nunca terminei. Agora estou jogando de novo. Detesto comprar um jogo e não terminar. É igual a comprar um livro e não ler.